Dicas de Mulher Moderna

Posts Tagged ‘homem

Com apenas algumas palavras, você pode apimentar a relação e aguçar a curiosidade

Os homens adoram ser surpreendidos. Se você é tímida ou quer deixá-lo ansioso para te encontrar, aposte em ideias de mensagens de texto ousadas que vão deixá-lo enlouquecido

Conte o que está vestindo

Ele vai adorar saber que você está usando a sua lingerie preferida (ou que você não está usando nada). Conte para ele os detalhes e dê sinais nada sutis sobre querer encontrá-lo mais tarde.

Diga o que quer fazer

Aposte no sensorial e conte exatamente o que você gostaria de fazer, como dar um beijo apaixonado ou coisas mais quentes durante o sexo. Acredite: ele vai adorar e não vai precisar de muitos detalhes para fantasiar.

Fale sobre preliminares

Se você vai encontrar com ele mais tarde, diga o que você está preparando para antes da hora H. Isso vai deixá-lo ainda mais ansioso para te ver e, por consequência, o encontro será ainda melhor.

Comente sobre a noite passada

Se vocês ficaram juntos no dia interior, deixe claro o que achou do desempenho: fale que mal pode esperar para repetir a dose.

Fale sobre o que você gosta

Mandar uma mensagem de texto dizendo o que mais gostaria que ele fizesse com você vai ter um efeito instantâneo, principalmente se o encontro for mais tarde.

Peça sugestões

Diga que está pronta para o que ele quiser fazer com você. Isso vai colocar a imaginação do gato para funcionar e, de quebra, proporcionar uma noite ainda melhor.

Ir para a cama com alguém pela primeira vez pode gerar uma certa insegurança. Será que ele está gostando? Está entediado? Devo fazer isso de outra maneira ou continuar da mesma forma? Todas essas perguntas podem atordoar a mente da mulher na hora H, afinal, não é porque é sexo que é gostoso.

No entanto, não é preciso quebrar muito a cabeça para descobrir as respostas. Segundo a sexóloga e psicóloga Carla Cecarello, diferente da mulher, que consegue fingir muito bem, o homem é muito mais fácil de decifrar na cama. “Para a mulher, é nítido quando o homem está satisfeito”, diz.

De acordo com ela, quando ele está curtindo, geralmente:

  • fecha os olhos;

  • emite sons, como gemidos;

  • faz movimentos ritmados;

  • é participativo e entusiasmado.

Crédito: Shutterstock

No entanto, se não está gostando, ele:

  • demonstra “preguiça”;

  • não investe em movimentos elaborados;

  • quer terminar logo.

“Quando o homem faz os movimentos bastante ritmados é porque está gostando e está afim de participar. Quando não gosta muito, dificilmente vai investir em posições elaboradas, pois ele quer acabar logo com aquilo, então não se mostra entusiasmado. Isso não quer dizer que ele esteja cansado, quer dizer que o sexo não está mexendo com ele a ponto de fazê-lo se movimentar mais. Quando o sexo é empolgante, mesmo cansado o cara se anima”, explica Carla.

A especialista diz que a mulher nunca deve perguntar ao parceiro o que ele está achando do sexo na hora H, pois isso pode quebrar totalmente o clima e demonstrar insegurança. “O que vale é avaliar, bem depois que a relação terminar, o que deu certo e o que não deu. Mas, se é a primeira vez do casal, tem que ir na sorte e experimentar”, aconselha.

Se você percebeu alguns sinais de que ele não está lá muito entusiasmado, há maneiras de reverter a situação. “O negocio é fazer uma brincadeira, se mostrar bem simpática, empinar o bumbum ou sensualizar com os seios”, indica.

Crédito: Shutterstock

Tática infalível

Segundo Carla, existem três coisas que a mulher pode fazer na cama que deixam qualquer homem enlouquecido: ser bem-humorada, participar ativamente e agir de forma espontânea. “Não é ser muito liberal, mas, se ele propuser uma situação que ela achar interessante, tem de participar e ser bem alegre”, aconselha a especialista. “O ponto principal é o bom humor. O que move a mulher para o sexo é a paixão, mas com o homem é o oposto: primeiro ele avalia se a mulher é bem humorada e simpática e só depois pensa se vale a pena se apaixonar”, continua Carla, indicando que o bom humor não só é um grande aliado na hora da sedução, como também um baita ponto positivo na cama. “E, acima de tudo, a mulher tem de ser autêntica, pois é isso que chama a atenção do homem. Eles não gostam de mulheres que fazem tipo, preferem as que são verdadeiras, que são até ingênuas em algumas situações por conta da espontaneidade”, conclui.

A partir daí, se você percebeu que ele passou a ser mais carinhoso, sorridente, a fazer pequenos gestos que demonstram afetividade e a se expressar mais com o corpo, sempre te tocando ou trazendo você para perto dele, pode ter certeza de que a estratégia funcionou: o gato gostou e quer mais!

045qxx5bxtudf8e9i47g10ukd

Para a psicóloga australiana Sandra Pertot, muitos desencontros sexuais acontecem por um motivo simples: achamos que o outro percebe o sexo da mesma forma que nós. “Mas como em todos os outros aspectos da vida humana, as habilidades sexuais também são variáveis”, diz. A especialista em libido explica que não existe uma única forma de lidar com o desejo, mas dez. No entanto, segundo ela, atualmente as pessoas são classificadas equivocadamente de duas maneiras apenas: as supostamente “normais”, que querem sexo com frequência e o praticam com certa variedade, e as “anormais”, caracterizadas pelo desinteresse sexual e pouco empenho erótico.

Autora do livro “Os Dez Tipos de Libido” (Editora Ideia e Ação), Sandra falou ao Delas sobre cada perfil específico. O objetivo é oferecer ferramentas para o autoconhecimento. “Desta forma, podemos identificar nossas próprias necessidades”, conta sobre o trabalho desenvolvido com base em pesquisas acadêmicas e 30 anos de vivência em consultório. De sensual a compulsivo, a especialista explica os dez tipos de libido. É possível que a pessoa apresente apenas uma delas ou duas combinadas.

1. Libido Sensual: o sexo para esse tipo é uma forma de expressar o vínculo emocional com o parceiro. O foco não está no que se faz na cama, no tipo de fantasia ou na intensidade, mas no nível de intimidade e cumplicidade do casal. Para essa pessoa, o ato sexual não acontece satisfatoriamente se for baseado apenas no desejo físico. O que importa aqui é o olho no olho e o carinho.

2. Libido Erótica: para este tipo, o sexo é a parte mais importante do relacionamento a dois, a melhor forma de demonstrar amor. As relações sexuais têm que ser em alta voltagem e cheias de intensidade. As carícias mais ousadas são apreciadas. Relações mornas e com pouco erotismo são desestimulantes para quem tem a libido erótica.

3. Libido Dependente: o sexo nesse caso é usado para aliviar as tensões da vida cotidiana, proporcionando uma sensação de calma e bem-estar. A falta dele provoca um efeito proporcionalmente contrário, como irritação e inquietação na relação a dois. Esse tipo costuma interpretar a recusa de sexo como falta de amor.

4. Libido Reativa: o comportamento deste tipo é caracterizado muito mais pela sensação de dar prazer do que sentir. Para se excitar, essa pessoa precisa ver o outro excitado. Mais que isso, a satisfação do(a) parceiro(a) é capaz de gerar uma sensação de poder e alimentar o sentimento de competência sexual. A relação esfria quando o(a) parceiro (a) não emite sinais claros de que o sexo está sendo prazeroso.

5. Libido “Por Direito”: independente do desejo do(a) parceiro (a), esse tipo acredita que estar num relacionamento lhe dá garantias de ter sexo a qualquer hora. Para essa pessoa, não importa que a vida sexual não seja muito variada ou criativa, o importante é que a sua iniciativa de ir para cama não seja recusada.

6. Libido Viciosa: pessoas com a libido viciosa têm dificuldade em resistir aos apelos sexuais externos, mesmo quando estão em relacionamentos estáveis. Com um comportamento similar aos viciados em drogas, esses indivíduos são controlados por seus impulsos e necessidades.

7. Libido Estressada: o sexo aqui é motivo de tensão e estresse. Os indivíduos frequentemente convivem com a sensação de que estão sendo incompetentes no relacionamento sexual com o(a) parceiro(a). Muitos evitam as situações sexuais por causa do medo de falhar ou “não dar conta do recado”.

8. Libido Desinteressada: o pouco interesse sexual é o que caracteriza este tipo. Essa condição pode ser um traço natural da pessoa ou disparada por consequência de fatos de sua vida. O sexo não é visto como algo fundamental para o relacionamento a dois. No entanto, esses indivíduos são capazes de atender aos apelos sexuais dos parceiros como obrigação para manter a relação.

9. Libido Desconectada: essas pessoas até sentem desejo, mas estão preocupadas demais com os outros aspectos da vida, como trabalho e filhos, para procurar o(a) parceiro (a) para o sexo. Costumam optar pela masturbação como forma mais prática de obter alívio sexual, evitando o “trabalhão” que uma noite de sexo pode dar. Para as mulheres, fingir prazer para acabar logo com o “problema” é frequente, mas vez ou outra curtem a transa plenamente.

10. Libido Compulsiva: o indivíduo costuma ser muito dependente de algum ritual sexual específico, manifestado de duas formas: a primeira com o desejo relacionado a objetos como sapatos ou roupa de couro, por exemplo, e a segunda identificada com situações como observar pessoas na intimidade ou exibir os genitais em público. Quando esses ritos não podem se realizados, essas pessoas costumam ter o
apetite sexual esvaziado.

Livro “The Normal Bar” traz dados de megapesquisa com 100 mil participantes, derruba alguns mitos e se propõe a revelar os novos padrões sexuais e afetivos dos casais

Lançado semana passada nos Estados Unidos, o livro “The Normal Bar” pretende desnudar a vida sexual de casais ao redor do mundo. Baseada em uma pesquisa na internet com 100 mil pessoas de diferentes nacionalidades, a publicação reforça algumas percepções sobre sexo — a de que os casados fantasiam com outras pessoas, por exemplo — e derruba impressões antigas, como a de que mulheres não gostam de pornografia ou que casais com filhos transam muito menos que casais sem filhos.

Também quantifica, de maneira impactante, algumas percepções populares. Como o fato de 45% dos homens ouvidos se sentirem atraídos pelas amigas da mulher. Entre elas, a porcentagem de interessadas nos amigos do marido é menor: 26%.

Escrito pela expert em relacionamentos Chrisanna Northrup e pelos sociólogos Pepper Schwartz e James Witte, o livro é autointitulado como “a mais vasta pesquisa sobre relacionamentos românticos já feita”. Como o título sugere, a obra pretende definir quais são os padrões sexuais e afetivos dos casais dos dias atuais. Para produzir esse painel, foram ouvidos homens e mulheres em países como Canadá, Espanha, Itália, Inglaterra, China, França, Austrália e Filipinas, entre outros.

Confira a seguir alguns dos dados mais interessantes do levantamento:

2hw8810wfz5eylv9rpvb1fen0 (1)

Ouvindo 100 mil pessoas ao redor do mundo, pesquisa “The Normal Bar” tentou desvendar o que os casais andam fazendo debaixo dos lençóis

Infidelidade nos relacionamentos 

Como mostra o dado já citado, pessoas casadas fantasiam em fazer sexo com outras pessoas que não o marido ou a esposa. Mas o levantamento mostra que esse desejo vai além das amizades dos parceiros. 90% dos homens admitem que tem desejo por mulheres que conhecem, que podem ser do trabalho ou de outro meio que eles frequentam. Já entre elas, a porcentagem é de 61%.

“A sexualidade é anárquica e o nosso desejo também, não é uma coisa que nós conseguimos controlar. O que podemos conter é nosso comportamento diante disso. Trair é uma escolha”, explica a psicóloga e terapeuta sexual Lana Harari, que não se surpreende com os dados apresentados.

E as pessoas que traíam, por que fizeram essa escolha? O tédio aparece como grande motivo para os homens e também para as mulheres, com 71% e 49%, respectivamente. O segundo lugar também foi o mesmo para ambos os sexos, com as pessoas traindo porque estavam com raiva do parceiro, com a porcentagem de 38% entre as mulheres e de 26% entre os homens.

Tudo o que você queria saber sobre o sexo

O livro traz ainda um calhamaço de dados quando se trata das aventuras dos casais em suas camas. Tanto os homens quanto as mulheres gostariam que seus parceiros fossem bem mais ousados na hora sexo. 94% deles tem esse desejo. Já entre elas, a porcentagem é um pouco menor, 78%.

Além da ‘ousadia’, mulheres e homens também querem outras coisas para o sexo ficar melhor com seus parceiros. Para ficarem mais satisfeitas na cama, elas querem preliminares caprichadas (25%), mais romance (20%) e espontaneidade e diversão (19%) de seus namorados e maridos.

A lista de três desejos dos rapazes é um tanto diferente. Os homens querem que suas parceiras aceitem fazer coisas novas (30%) e sejam mais ativas e menos passivas na hora do sexo (22%). Por fim, eles querem que elas façam mais barulho durante a transa (16%).

“The Normal Bar” também indicou as duas posições sexuais favoritas tanto dos homens quanto das mulheres. A posição conhecida como ‘cachorrinho’ ficou em primeiro com 40% e a ‘cavalgada’ em segundo, com 24%. Entre os 25% dos casais que fizeram sexo anal, apenas 6% das mulheres e 2% dos homens não gostaram

Entre elas, o tradicional ‘papai e mamãe’ ainda faz sucesso, levando 30% da preferência, ficando em primeiro. A ‘cavalgada’ também ficou em segundo na preferência das mulheres, também com 24%.

A pesquisa internacional também revelou que 25% dos casais já fizeram sexo anal . Em países como França e Itália a porcentagem é maior, chegando a 46% e 45%, respectivamente. Entre os indivíduos de todo o mundo que praticaram a modalidade sexual, apenas 6% das mulheres e 2% dos homens não gostaram.

Orgasmo e pornografia

O prazer do parceiro não é uma preocupação de todos os maridos e mulheres. 65% dos homens se preocupam se a parceira chega ao orgasmo . A porcentagem entre as mulheres é parecida: 67% delas ficam atentas para saber se eles ‘chegaram lá’.

A pornografia tem mais apelo com os homens do que as mulheres pesquisadas. 89% deles apreciam vídeos eróticos. Mas entre elas o índice ficou longe da minoria: 59%.

O estudo mostrou uma diferença significativa nesse tema. Os maridos e namorados preferem ver esse tipo de filme sozinhos, já as esposas e namoradas gostam de vê-los ao lado dos parceiros.

A maioria mente para o (a) parceiro (a)

Muita gente pode ficar chocada, mas a mentira faz parte dos relacionamentos bem-sucedidos. Pelo menos é o que sustenta a pesquisa. 69% dos casais que se dizem felizes admitem que mentem ocasionalmente aos parceiros. “São coisas como não contar o preço real de uma peça de roupa cara para não desagradar o outro”, explicam os autores do livro.

“Mentir muitas vezes é uma forma de ter alguma privacidade na relação, já que os parceiros de um casal frequentemente são tratados como uma pessoa só, uma entidade única sem individualidade”, analisa Lana. “Mas isso vira um problema quando a mentira é um segredo com a intenção de prejudicar o outro”, pondera a terapeuta.

Menos sexo para quem tem filhos?

Ao contrário do que muita gente imagina, não há muita diferença quando se compara a vida sexual de casais com ou sem filhos. Nas duas situações, as porcentagens de pares que fazem sexo diariamente, frequentemente, ocasionalmente ou raramente se equivalem.

Entre os casais sem filhos, as porcentagens exatas são: 41% dos pares transam 3 a 4 vezes por semana, 26% poucas vezes por mês, 12% raramente e 9% uma vez por mês. Quando se fala em extremos, ambos os números são baixos. 9% praticam sexo todo dia e 4% nunca o fazem.

Os casais com filhos apresentam dados quase iguais: 36% têm sexo 3 a 4 vezes por semana, 30% poucas vezes por mês, 15% raramente, 9% uma vez por mês, 6% diariamente e 6% nunca fazem. Vale lembrar que as porcentagens não somam 100% porque os números são arredondados.

Busque a sua felicidade e a dele, assim vocês reforçam os laços ao invés de teimar em pequenas desavenças.

casamento-casal-baloes-42974

Aceite que ele não é perfeito e nunca será

Muitos problemas conjugais não têm solução. Em vez de teimar em pequenas desavenças, procure formas que permitam a ambos aceitar e aprender a conviver com as manias que os irritam.

Não aborreça a família dele

Trate seus sogros e cunhados com o máximo de respeito – por mais que discorde de uma ou outra postura. Construir relações com a família do parceiro, baseadas em confiança e apoio, é crucial para um casamento bem-sucedido.

Abandone más influências

É ótimo que o casal desfrute de momentos de exclusividade com os amigos. Mas não se esqueça de investir um tempo com pessoas que têm verdadeiro interesse na sua vida conjugal. E, claro, corte do círculo de amizades quem insiste que você dê bola para o ex, ainda que “só por diversão”.

Mantenha a chama acesa

Ser carinhosa e ter uma vida sexual ativa é essencial para manter a paixão viva – vocês vão se entender muito melhor se continuarem transando com regularidade. Não se acomode: surpresas e novas ousadias entre quatro paredes são bem-vindas.

A cara do divórcio nos dias de hoje

Idade média na ocasião do casamento: mulheres 26 anos x homens 29

Em julho de 2010, foi definido por lei que os brasileiros não precisam mais estar separados por pelo menos um ano para pedir o divórcio.

A taxa de divórcio aumentou 45,6% entre 2010 e 2011. 351 153 casais se divorciaram em 2010 no país, o maior número registrado desde 1984. Por outro lado, o número de casamentos cresceu apenas 4,5%.

86 % dos casais que continuaram juntos por cinco anos depois de cogitarem o divórcio e se dizem felizes hoje.

Fontes: IBGE e Universidade de Chicago, nos Estados Unidos

Westwing – Home & Living é um Clube de Descontos!
Clique e Cadastre-se: http://bit.ly/19wP8zU
Concorra a diversos brindes Vip´s todas as semanas!
Decoração e Design. Tudo para uma casa com Estilo. As Melhores
Marcas de Móveis e Decoração com Até 70% de Desconto.

Os psicólogos já têm anotado por muito tempo que o estresse afeta homens e mulheres de forma diferente. As mulheres tendem a buscar apoio social, enquanto os homens são mais propensos a se retirar.

Agora, um novo estudo afirmou que existe mesmo uma diferença quanto ao estresse em homens e mulheres. Os pesquisadores estavam estudando como o estresse afeta os processos cognitivos nas pessoas e descobriram diferenças de tensão entre os sexos. Segundo eles, essas diferenças não aparecem a menos que as pessoas estejam estressadas.

A pesquisa pode representar uma base neurológica para a descoberta de que as mulheres tendem a ser mais enfáticas do que os homens. Os pesquisadores não sabem exatamente porque essas diferenças ocorrem, mas um dos motivos pode ser a interação dos hormônios sexuais com os hormônios do estresse.

Para saber se as diferenças no cérebro dos sexos influenciam seu comportamento, os pesquisadores se focaram na amígdala, uma estrutura do tamanho de uma amêndoa enterrada nas profundezas do cérebro, que ajuda a processar estímulos de medo, como a cara de raiva.

Os pesquisadores também analisaram a ínsula, outra estrutura cerebral profunda, que ajuda na empatia, e o pólo temporal, uma área do cérebro escondida atrás das orelhas envolvida com a compreensão do estado de espírito de outra pessoa.

Eles mediram os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, a partir de amostras de saliva coletadas dos 47 voluntários. Em seguida, metade dos homens e metade das mulheres foram convidados a mergulhar as mãos em água gelada por cerca de três minutos, enquanto outros mergulharam as mãos em água morna.

Ambos os grupos, em seguida, tiveram seus cérebros escaneados usando ressonância magnética funcional, que mede o fluxo sanguíneo em áreas diferentes do cérebro. Os participantes concluíram algumas tarefas não relacionadas com o estudo antes de dar outra amostra de saliva. Depois disso, os pesquisadores continuaram a examinar o cérebro dos participantes enquanto os faziam assistir imagens de 160 rostos, 80 irritados e 80 neutros.

Os homens e mulheres que colocaram a mão em água gelada ficaram igualmente estressados pela experiência, a julgar pelos seus níveis de cortisol. Mas o estresse afetou seus cérebros de forma muito diferente.

Quando os homens estressados olharam faces neutras ou com raiva, seus cérebros mostraram uma diminuição na atividade na área fusiforme facial, que contribui com o reconhecimento facial. O sinal medido em seu FFA foi de cerca de 0,75%, em comparação com quase 1,5% dos homens da água quente. As mulheres estressadas, pelo contrário, pareciam mais afinadas com o reconhecimento de expressões faciais. Seu sinal FFA mediu quase 1,5%, em comparação com 0,75% das mulheres relaxadas.

Os pesquisadores também observaram uma correlação hormonal: quanto maior o nível de testosterona, menor será a atividade de FFA quando se está estressado. Eles não encontraram flutuações comparáveis com base nos níveis de estrogênio. A descoberta apóia a teoria de que os hormônios podem estar na raiz das diferenças de resposta ao estresse.

As interações entre as áreas de processamento de emoção também diferem por gênero. Os pesquisadores analisaram uma medida chamada conectividade funcional, e descobriram que os homens apresentaram menos conectividade funcional entre essas áreas quando estão estressados do que as mulheres.

Parece que quando as mulheres estão estressadas, as áreas sociais e emocionais do seu cérebro entram em alerta, talvez refletindo uma tendência a aproximação, a procura de apoio social. As mesmas áreas no cérebro dos homens parecem se separar, se soltar.

Os pesquisadores não sabem se estas diferenças são inatas do cérebro ou um produto da socialização, então eles ainda não podem dizer se a atividade diminuída no cérebro dos homens quer dizer que eles realmente tornam-se menos engajados e empáticos quando estão estressados, ou se compensam de alguma outra forma. No entanto, outros estudos não encontraram diferenças de gênero na forma como homens e mulheres agem quando estão estressados.


+ Dicas de Mulher!

Twitter Facebook RSS

Contato / Anuncios

Artigos Especiais

Posições Sexuais - Variações na Hora do Sexo

Aprenda como apimentar sua relação na hora do sexo, super dicas!

69 Dicas sobre Sexo para Elas e Eles

Todo mundo gosta e todo mundo quer fazer melhor!

+69 Dicas de Sexo por ELAS!

Agora são elas que falam e dão essas maravilhosas dicas!

Como lavar bem os cabelos

Conheça várias dicas legais para você aprender como lavar bem os cabelos!

Como Eliminar a Celulite

Aprenda como se livrar das indesejáveis Celulites!

Tratamento de Estrias

Aprenda como evitar e como acabar com as Estrias

Lingerie Sensual

Conheça todo o poder que a lingerie sensual pode ter no relacionamento amoroso!

Convites de Casamento

Saiba tudo o que você precisa sobre convites de casamento. Exemplos, dicas, modelos e muito mais!

Sapatos de Noivas

Aprenda a escolher o sapato ideal para usar em seu casamento. Várias dicas importantes!

Sapatos Coloridos

Fique por dentro dessa moda que está fazendo os pés das mulheres: os sapatos coloridos!

Dieta da Sopa

Conheça a dieta da sopa e aprenda como emagrecer até 4kg por semana! Aprenda a receita da sopa de repolho!

Dieta do Chá Verde

Conheça a dieta que faz você emagrecer 5kg em 15 dias! Modo de preparo e muito mais...

Como tirar manchas na pele

Conheça os diversos tipos de manchas e quais as melhores formas de tratamento para manchas na pele!

Celulite

Tudo o que você queria saber sobre celulites! O que é, como evitar e as melhores formas de tratamentos!

Queda de Cabelo em Mulheres

Tudo sobre queda de cabelo em mulheres. Conheças as principais causas e os melhores tratamentos.

Cortes de Cabelo

Confira diversas sugestões de cortes de cabelo para mulheres. Cortes longos, curtos...

Olheiras

Entenda porque surgem olheiras, saiba como previnir e como eliminá-las.

Tratamento de Estrias

Fique por dentro dos melhores tratamentos para estrias e saiba como evitá-las.

Escova Marroquina

Saiba tudo sobre a alisamento capilar marroquino. A escova que está fazendo a cabeça das mulheres!

Pílula do Dia Seguinte

Tudo o que você precisa saber sobre a pílula do dia seguinte: como tomar, efeitos colateriais, preço e muito mais!

Sintomas da Gravidez

Saiba aqui quais são os principais sintomas da gravidez! Sintomas da gravidez na primeira semana e no primeiro mês

Anticoncepcional

Aprenda a escolher o melhor método anticoncepcional para você! Saiba tudo sobre pílula anticoncepcional!

Depilação

Confira um artigo com tudo sobre depilação! Métodos, prós, contras e muito mais! Depilação a laser, com cera, lâmina e outros.

Como escolher Óculos

Dicas e truques para ajudar você a escolher o óculos ideal para seu rosto!

Maquiagem passo a passo

Aprenda a fazer maquiagem para noite, para o dia a dia, corretiva e muito mais. Vídeo aulas ensinando do começo ao fim!

Como fazer sobrancelha

Confira importantes truques e dicas na hora de fazer a sobrancelha. O que você deve ou não fazer.

Limpeza de Pele

Aprenda a fazer uma boa limpeza de pele caseira. Confira links super interessantes sobre o assunto.

Escova Progressiva

Selecionamos informações úteis sobre os diversos tipos de escovas progressivas existentes no mercado! Confira e fique por dentro do assunto.

Hidratação Caseira

Confira dicas para cudiar da sua beleza no conforte de sua casa! Hidratação para pele, cabelos e muito mais!

Método Pilates

Saiba tudo que você precisa sobre esta maneira de ficar bem com seu corpo. Informações básicas, lista de benefícios e outros.

Unhas Decoradas

Aprenda a decorar unhas! Vídeo aula com passo-a-passo, dicas na hora de fazer o desenho e muito mais.

Guia de Lua de Mel

Dicas essenciais para que sua viagem de lua-de-mel seja perfeita! Informações úteis, roteiros exuberantes e muito mais.

Silicone: aumento dos seios

Selecionamos aqui as melhores informações sobre a cirurgia de implante de silicone nos seios. Tire todas as suas dúvidas sobre esse tipo de cirurgia.

Refrigeradores e Geladeiras

Confira dicas super importantes para te ajudar na hora de escolher um refrigerador novo. Veja também algumas fotos de modelos que estão à venda nas melhores lojas.

Colesterol

Saida tudo que você precisa sobre o colesterol: causas, tratamento, prevenção. Reunimos diversos links com informações sobre esse tipo de gordura.

Penteados para Noivas

Confira aqui diversos modelos e dicas de penteados para você arrasar em seu casamento!

Tudo sobre Biquinis

Arrase nesse verão! Veja nossas dicas espertas para você escolher o biquini ideal para o seu corpo.

Acabe com a acne!

Conheça neste nosso artigo especial os principais tratamentos de acne existentes no mercado. Esfoliação da pele, tratamento hormonal, retinoides e outros.

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: